Projeto social no Ceasa prepara alunos para mercado de trabalho


Últimos Vídeos

18/12/2018
PREGÃO PRESENCIAL Nº 014/2018

13/12/2018
PROCEDIMENTO LICITATÓRIO N.º 007/2018

14/11/2018
PREGÃO PRESENCIAL N.º 012/2018

ver todas as licitações em andamento.
 
  Cupuacu

Theobroma grandiflorum Schum, conhecido como cupuaçu, pertence à família Sterculiaceae (a mesma do cacaueiro), o fruto floresce nos cupuaçuzeiros nativos da Amazônia Oriental, que atualmente estão disseminados por toda a Bacia Amazônica e norte do Maranhão, atingindo também outros estados.

O nome Cupuaçu vem da língua Tupi (kupu = que parece com o cacau + uasu = grande) e seu valor econômico está baseado, principalmente, na industrialização e comercialização da polpa, apreciada sob a forma de suco, creme, doces e outros processamentos culinários.

A similaridade das amêndoas de cupuaçu e cacau tem despertado interesse científico, pois a partir das sementes de cupuaçu fermentadas e torradas podem ser obtidos produtos análogos ao chocolate e achocolatados de excelente qualidade em termos de sabor.

Na obtenção da polpa, a semente do cupuaçu é praticamente descartada, embora constitua 20% do peso do fruto, com razoáveis valores de proteínas e altos teores de lipídios e consequentemente com altas calorias. Portanto, sua composição nutricional é bastante considerável.

A polpa do cupuaçu é rica em cálcio, fósforo, vitaminas A, B1, B2 e C e proteínas. Além de apresentar grande quantidade de pectina, fibra solúvel que auxilia na manutenção/redução dos níveis de LDL- colesterol.

 

VAMOS APLICAR O CONHECIMENTO!!!

Mousse de Cupuaçu

Ingredientes: 1 lata de creme de leite, 1 lata de leite condensado, 250 g de polpa de cupuaçu, 400 g de biscoito maisena e leite para molhar o biscoito. Modo de Preparo: Bata no liquidificador o creme de leite, o leite condensado e a polpa do cupuaçu até virar um creme. Em uma travessa, espalhe um pouco do creme. Molhe o biscoito no leite até ficar macio e cubra todo o creme da travessa. Espalhe sobre o biscoito mais creme. Coloque outra camada de biscoito umedecido no leite. Cubra com o restante do creme. Leve à geladeira. BOM APETITE!!!

Nutricionista Ceasa: Carolyne Ávila Fabrim


REFERÊNCIAS

CARVALHO, A. V; GARCÍA, N. H. P; FARFÁN, J. A. Proteínas da semente de cupuaçu e alterações devidas à fermentação e à torração. Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, v. 28, n. 4, out/dez.  2008. Disponível em:< http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010120612008000400035&lng=en&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em: 08 jul. 2016.

LOPES, A. S; GARCÍA, N. H. P; FARFÁN, J. A. Qualidade nutricional das proteínas de cupuaçu e de cacau. Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, v. 28, n. 2, abr/jun.  2008. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/cta/v28n2/a01v28n2.pdf>. Acesso em: 08 jul. 2016.

 

 

Autor:


+ Dicas

 

Desenvolvido por: CiaPixel Agência Digital