Consumo de frutas aumentam por conta do calor


Últimos Vídeos

24/01/2019
PREGÃO PRESENCIAL N.º 017/2018

24/01/2019
PREGÃO PRESENCIAL N.º 018/2018

24/01/2019
PROCEDIMENTO LICITATÓRIO N.º 005/2018

ver todas as licitações em andamento.
 
  Escarola

Uma famosa desconhecida!

 Apesar de a escarola ser velha amiga dos brasileiros, muito popular como cobertura de pizza e recheio de esfihas, é grande o número de pessoas que não sabe que a verdura é, na verdade, um tipo de chicória.

 As folhas dos diversos tipos de chicória são utilizadas na culinária desde o tempo do Antigo Egito e na civilização greco-romana, sendo que os poderes medicinais da planta já eram valorizados.

Por volta do século 13, tipos de chicória como a escarola começaram a se disseminar pelo continente europeu. No Brasil, há registros de cultivo do vegetal desde a chegada da família real portuguesa ao país, mas foram os imigrantes italianos os principais responsáveis pela sua popularização.

A raiz torrada e moída das chicórias é utilizada, desde o século 17, como um substituto do pó de café na preparação da bebida. Também se usa misturar o pó da raiz da verdura com o do café, para diminuir o efeito excitante da cafeína.

              Tornou-se ingrediente de diversas formulações farmacológicas, como tônicos, bebidas para combater a febre, xaropes vermífugos e purificantes do sangue

Os índios Cherokees, da América do Norte, empregam a sua raiz para fazer um tônico do sistema nervoso. Algumas tradições atribuem às chicórias o poder de tratar de insuficiência hepática a herpes labial.

Rica em fibras, a raiz da escarola tem uma substância chamada inulina, de efeito probiótico, que estimula a produção de bactérias benéficas que vivem no trato intestinal, aumentando as defesas do organismo e melhorando o trabalho do intestino.

É ótima fonte das vitaminas antioxidantes C e E, de vitaminas A (importante para saúde dos olhos e infecções), de vitamina do complexo B (fundamental no funcionamento do sistema nervos) e de minerais como o cálcio (essencial para formação e manutenção dos ossos e dentes), o potássio (atua na regulação da pressão osmótica, digestão e contrações musculares), o fósforo (auxilia na regeneração de tecido e também ajuda na formação e manutenção dos ossos e dentes), e o ferro (principal mineral na formação dos glóbulos vermelhos).  É rica também em carotenoides, substâncias com propriedades antioxidantes, que têm a capacidade de proteger as células do corpo contra a ação dos radicais-livres. Além da quantidade excelente de nutrientes e benefícios para o corpo, é uma planta com baixo teor de calorias, sendo que em 100g tem 17 calorias.

 

RECEITA

Macarrão com escarola e tomate seco

 

Ingredientes

1 pacote de macarrão

1 unidade de cebola

4 dentes de alho

1 maço de escarola

1 vidro pequeno de tomate seco

Champions a gosto

Salsinha a gosto

 

Como fazer

Frite a cebola, o alho, refogue a escarola, adicione o champions e reserve.

Cozinhe o macarrão al dente e misture ao refogado que estava reservado. Adicione o tomate seco e salpique salsinha.

 

Autor: Nutricionista Katia Meire Prata Souto Alves CRN 34510


+ Dicas

 

Desenvolvido por: CiaPixel Agência Digital