Projeto social no Ceasa prepara alunos para mercado de trabalho


Últimos Vídeos

18/12/2018
PREGÃO PRESENCIAL Nº 014/2018

13/12/2018
PROCEDIMENTO LICITATÓRIO N.º 007/2018

14/11/2018
PREGÃO PRESENCIAL N.º 012/2018

ver todas as licitações em andamento.
 
  Abacate

Nativo do continente americano, o abacate é considerado como uma espécie subtropical. O fruto é bem adaptado em todas regiões do território brasileiro. A fruta pode ser utilizada tanto em pratos doces, como sorvetes e cremes, quanto em pratos salgados, por exemplo guacamole e saladas. O maior produtor mundial é o México, seguido por Estados Unidos, Republica Dominicana e Brasil.

O abacate já foi considerado por muitos um vilão, acreditava-se que a gordura presente em sua composição poderia trazer malefícios à saúde. Porém através de estudos realizados, comprovou-se que seu consumo pode sim trazer muitos benefícios ao organismo.

O tipo de gordura presente nesse fruto não ataca o fígado e elimina a sensação de peso no estômago, facilita a digestão, além de ser excelente para a melhora da prisão de ventre. Contém muito fósforo, que ajuda na formação dos ossos e dentes e evita a fadiga mental.

Estão presentes na composição do abacate: fibras, esteróis, álcoois, tocoferóis, carotenos. Além destes também está a vitamina E, presente em maior quantia quando comparado as uvas e kiwi. Conhecida por seu poder antioxidante, a vitamina E age inibindo a formação de radicais livres, consequentemente ajudando a retardar sinais de envelhecimento. Também está associado no auxílio do tratamento de doenças crônicas, especialmente nas cardiopatias, diabetes e dislipidemias.

Além da polpa da fruta, também é muito usado na indústria de cosméticos o óleo de abacate. Usado puro ou diluído esse óleo quando adicionado aos produtos visa estimular a síntese de colágenos na pele, retardando o aparecimento de estrias e rugas.

No momento da compra observe: Se a fruta estiver dura, ainda não está boa para o consumo. Os abacates de casca verde-claro e sem manchas são os melhores. Apesar disso, caso a casca apresente algumas manchas de cor marrom-clara, sem que isso indique má qualidade do produto, não há problema em consumir sua polpa.

Para saber se o abacate está maduro, a casca deve ceder com uma leve pressão dos dedos.

Conversação do produto: Guardar em local fresco e arejado. Caso ainda não esteja maduro, deixe fora da geladeira, para que termine o processo de amadurecimento.

Após cortar o abacate, a polpa, em contato com o ar, escurece rapidamente. Para adiar um pouco esse escurecimento, passe um pouco de limão na fruta.

 

Sugestão de uso

 

 

 

Mousse de Cacau

Ingredientes: 1 abacate bem maduro, 2 colheres de sopa de cacau em pó, 2 colheres de sopa de mel, 2 colheres de chá de canela em pó, 1 colher de Shoyo ou 1 colher de chá de sal marinho.

Modo de preparo: Passe todos os ingredientes no processador ou liquidificador até formar um creme homogêneo. Coloque em taças e leve para gelar por cerca de 2 horas.

 

Bibliografia:

http://www.scielo.br/pdf/cta/v28n4/a25v28n4.pdf (acesso em 30/03/2015)

http://www.itabau.com.br/wp-content/uploads/2011/06/abacate.pdf (acesso em 30/03/2015)

http://laszlo.ind.br/admin/artigos/arquivos/Oleo_de_Abacate_Laszlo.pdf (acesso em 30/03/2015)

 

Autor: Alice Lívia de Campos - Téc. Nutrição


+ Dicas

 

Desenvolvido por: CiaPixel Agência Digital