Consumo de frutas aumentam por conta do calor


Últimos Vídeos

18/12/2018
PREGÃO PRESENCIAL Nº 014/2018

13/12/2018
PROCEDIMENTO LICITATÓRIO N.º 007/2018

14/11/2018
PREGÃO PRESENCIAL N.º 012/2018

ver todas as licitações em andamento.
 
  Caju

caju3.jpgDe aparência exótica, aroma agradável e sabor singular, o caju é uma fruta perfeita para colorir, perfumar, enriquecer e diversificar pratos da culinária tropical.  A referência sensorial e nutricional da amêndoa e da polpa suculenta faz desta uma das frutas nativas de maior potencial para a exploração sustentada no território brasileiro. O pedúnculo ou pseudofruto do cajueiro é consumido pelo sabor especial e pelo alto valor nutritivo, relacionado, principalmente, ao elevado teor de vitamina C.

O caju nativo no cerrado brasileiro é largamente consumido ao natural ou mesmo sob a forma de sucos, doces e geléias. O pequeno tamanho destes pedúnculos favorece a produção das famosas compotas e desidratados, também conhecidos como "passas" de caju. Por fermentação fornece uma espécie de vinho ou aguardente, conhecido por comunidades indígenas como "cauim".

Conforme os trabalhos de pesquisa desenvolvidos pela Embrapa e por outras instituições de pesquisa, o caju é rico em vitamina C, fibras e compostos fenólicos. Além do potencial vitamínico, estes compostos conferem potencial antioxidante à polpa do caju. Esta propriedade biológica está associada à prevenção de doenças crônico-degenerativas, como problemas cardiovasculares, câncer e diabetes, que avançam a cada ano.

É rico também em cálcio, ferro e fósforo, sendo utilizado para sucos concentrados, doces em massa, compota e desidratados. A amêndoa do caju (fruto verdadeiro), quando torrada, tem alto valor no mercado internacional. Da castanha (amêndoa e casca), extrai-se o fino óleo de amêndoas, de uso cosmético, medicinal e culinário.

As amêndoas de caju são ricas em proteínas e lipídeos. Segundo a Tabela de Composição de Alimentos apresentada por Franco (1992), as amêndoas ainda são ricas em vitamina B1 (1000 micrograma/100g); vitamina B2 (560 micrograma/100g); vitamina PP ou niacina (4,5 mg/100g); fósforo (575 mg/100g) e ferro (5,6 mg/100g).


Suco de caju

Ingredientes:

7 cajus  grandes
1 litro de água
Gelo
Açúcar cristal à gosto
1 colher de sopa de suco de limão

Modo de preparo:

Tire as castanha e corte em pequenos pedaços os cajus, leve ao liquidificador com a água  e  moa  em média um minuto. Passe na peneira fina e coe. Coloque novamente no liquidificador e coloque o gelo a gosto, açúcar a gosto  e o suco de limão. Moa até triturar todo gelo.                          

Água de coco com suco de caju

Ingredientes:

250 ml de suco de caju
2 colheres de sopa de leite condensado
5 castanhas de caju médias cruas e sem sal
700 ml de água de coco

Modo de preparo:

Coloque no copo do liquidificador o suco de caju, as castanhas e o leite condensado. Bata por 1 minuto e  distribua em uma forma de gelo. Leve ao congelador por três horas ou até ficar firme. No momento de servir, arrume os cubos em 4 copos e despeje a água de coco. Se preferir, enfeite com castanha de caju triturada.

 

Autor: Bruna Angelis, nutricionista


+ Dicas

 

Desenvolvido por: CiaPixel Agência Digital