Projeto social no Ceasa prepara alunos para mercado de trabalho


Últimos Vídeos

18/12/2018
PREGÃO PRESENCIAL Nº 014/2018

13/12/2018
PROCEDIMENTO LICITATÓRIO N.º 007/2018

14/11/2018
PREGÃO PRESENCIAL N.º 012/2018

ver todas as licitações em andamento.
 
  Rúcula

A rúcula - membro da mesma família do brócolis, repolho e outros vegetais crucíferos - é uma hortaliça com gosto picante e apimentado quando cultivada durante os meses frios da primavera e outono. Seu sabor é mais forte, parecido com o da mostarda, se colhido durante o verão.

É uma das verduras mais nutritivas dentre todas as usadas em saladas. Uma xícara de rúcula contém 2 mg de beta-caroteno, 45 mg de vitamina C, 150 mg de cálcio e 0,5 mg de ferro e apenas 12 calorias.

Originária da Europa, Ásia e África, a hortaliça se adaptou muito bem ao clima brasileiro, onde é chamada também de agrião mostarda.

Tem várias propriedades medicinais: depura o sangue, melhora a gengivite, as funções orgânicas, cuida da bronquite, tosse ou qualquer outra afecção pulmonar. Como contém muita vitamina C, combate o escorbuto, é diurética e rica em fibras.

Pode-se comer a rúcula na salada crua, ou temperada a gosto com limão, azeite de oliva e outros. O importante é não cortar suas folhas, comê-las inteiras ou rasgar com as mãos, não usar a faca para corta, pois perde o sabor característico. É utilizada também em lanches e pratos quentes como massas e até em pizzas.

 

Receita

 

Talharim com rúcula      

Ingredientes                         

·         500 g de talharim

·         2 peitos de frango sem pele e sem osso (400 g)

·         1 colher (chá) de orégano

·         3 colheres (sopa) de azeite

·        

+ Dicas

 

Desenvolvido por: CiaPixel Agência Digital