Consumo de frutas aumentam por conta do calor


Últimos Vídeos

24/01/2019
PREGÃO PRESENCIAL N.º 017/2018

24/01/2019
PREGÃO PRESENCIAL N.º 018/2018

24/01/2019
PROCEDIMENTO LICITATÓRIO N.º 005/2018

ver todas as licitações em andamento.
 
  Planta Pedra

Originária das zonas desérticas do sul da África, esta pequena e curiosa suculenta apresenta formas exóticas e diferenciadas, muito semelhantes a pedras. Daí o nome planta pedra ou pedra viva. Pertence ao gênero Lithops, do grego lithos=pedra e ops=forma. Exótica, tem um corpo de aspecto cônico que, na verdade, são duas folhas unidas e suculentas, com a parte superior plana e arredondada, de várias cores e tonalidades: cinza, violácea, verde e marrom. Necessita de luz solar indireta e claridade, devendo-se evitar regas abundantes e regiões com excesso de umidade atmosférica. Deve permanecer em substrato arenoso ou pedregoso, com baixa capacidade de retenção de água. É indicada para utilização em ambientes internos. O que impressiona na planta pedra é o seu florescimento, com flores parecidas com margaridas, e quando abertas, são perfumadas, abrindo durante o dia e fechando ao pôr do sol, geralmente de cores amarela ou branca. O florescimento acontece a partir do terceiro ano após o plantio e anualmente a planta pedra muda sua cor. Após a floração produzem frutos com várias sementes. A planta pedra é encontrada para comercialização no Mercado Permanente de Flores da Ceasa Campinas ofertada em vasos unitários.

 

Autor: Ana Rita Pires Stenico, engenheira agrícola, gerente do Mercado de Flores da Ceasa


+ Dicas

 

Desenvolvido por: CiaPixel Agência Digital