Consumo de frutas aumentam por conta do calor


Últimos Vídeos

24/01/2019
PREGÃO PRESENCIAL N.º 017/2018

24/01/2019
PREGÃO PRESENCIAL N.º 018/2018

24/01/2019
PROCEDIMENTO LICITATÓRIO N.º 005/2018

ver todas as licitações em andamento.
 
  Pleomele

Apesar de atingir até 3 metros de altura, a pleomele (Pleomele reflexa) é considerada um arbusto semi-lenhoso, com várias ramificações. Está sendo muito utilizada atualmente em projetos paisagísticos para jardins, ou mesmo para decoração de ambientes internos como, por exemplo, em amplas salas ou varandas, plantadas em vasos.
 

Podemos encontrar a pleomele ou dracena-malaia - como também é conhecida - com as folhas na cor verde ou também variegada, ou seja, com as folhas apresentando bordas na cor creme e o centro na coloração verde. Esta variedade variegada está sendo muito procurada por paisagistas para utilização em projetos paisagísticos ou decorações de ambientes por apresentar um belo efeito ornamental.
 
A pleomele é de fácil cultivo e mais indicada para utilização em locais a meia sombra, porém com boa luminosidade, não sendo tolerante a baixas temperaturas.
 
 
 
Aconselha-se a não efetuar regas diárias e sim em dias intercalados, pois caso haja um excesso de umidade no solo suas raízes poderão apodrecer.
 
A multiplicação da pleomele geralmente é feita por estacas, com os ramos das pontas, que, se replantadas, acabam criando raízes surgindo novas mudas.
 
A pleomele é comercializada no Mercado de Flores da Ceasa-Campinas em mudas unitárias, com alturas variando de 80 centímetros até 2 metros de altura, ou em caixas com 6 mudas de 20 centímetros de altura. 

 

Autor: Ana Rita Pires Stenico, engenheira agrícola e gerente do Mercado de Flores da Ceasa-Campinas


+ Dicas

 

Desenvolvido por: CiaPixel Agência Digital