Consumo de frutas aumentam por conta do calor


Últimos Vídeos

24/01/2019
PREGÃO PRESENCIAL N.º 017/2018

24/01/2019
PREGÃO PRESENCIAL N.º 018/2018

24/01/2019
PROCEDIMENTO LICITATÓRIO N.º 005/2018

ver todas as licitações em andamento.
 
  Fruta-do-conde

O nome científico da fruta-do-conde é Duguetia furfuracea. Também é popularmente conhecida como ata ou anona e pinha, dependendo da região do país.
 
A fruta pertence à família da araticum, originária das Antilhas, contém uma polpa branca ou creme que envolve os caroços negros existentes em grandes quantidades. Tem um sabor muito doce e desprovido de acidez e seu consumo é bastante apreciado in natura.
 
Depois de maduro torna-se rapidamente perecível. Externamente é verde clara e atinge peso de aproximadamente de 200 gramas.
 
Contém, uma grande quantidade de vitamina C e potássio, assim como vitaminas do complexo B. A fruta-do-conde tem sido indicada para combater anemia e a desnutrição e também é utilizada como alimento para pessoas em estados convalescentes.
 
É considerada uma fruta energética, pois contém alto teor de glicose, nutriente importante na produção de energia muscular e cerebral.
 
Receita
 
Mousse de fruta-do-conde
Ingredientes:
  • 10 unidades de fruta do conde maduras
  • 8 unidades de clara de ovo em neve
  • 8 colheres (sopa) de açúcar
  • 100 ml de creme de leite fresco
  • 6 folhas de gelatina incolor sem sabor
 
Modo de preparo:
Tire a casca e as sementes de 8 frutas e coloque o suco (ou massa) numa vasilha de vidro (ou plástico) adicionando as 8 colheres (sopa) de açúcar.
Em 1 1/2 xícara (chá) de água derreta as 6 folhas de gelatina. Depois de bem dissolvida, bata no batedor de bolo com a massa da fruta, com o açúcar (já adicionado) e o creme de leite, levando em seguida para esfriar na geladeira (por 1 hora).
A seguir, tire da geladeira e bata novamente com as claras em neve colocando em forma molhada (de preferência furada no meio). Deixe pelo menos 6 horas na geladeira antes de servir.
Dica:
Calda para servir gelada: leite de um coco grande natural junto com uma calda de açúcar, batida no liquidificador com o suco das 2 frutas do conde que sobraram. Rendimento: 10 porções.
 
FONTES
Philippi, S. T. Nutrição e Técnica Dietética. Frutas. 2.ed.rev.e. atual. Barueri; SP: Manole, 2006.
http://www.rgnutri.com.br/ - Disponível em 31/08/12
 
 
       
+ Dicas

 

Desenvolvido por: CiaPixel Agência Digital