Consumo de frutas aumentam por conta do calor


Últimos Vídeos

24/01/2019
PREGÃO PRESENCIAL N.º 017/2018

24/01/2019
PREGÃO PRESENCIAL N.º 018/2018

24/01/2019
PROCEDIMENTO LICITATÓRIO N.º 005/2018

ver todas as licitações em andamento.
 
          Notícias

Ceasa Campinas investe em modernização e obras de ampliação

Com o objetivo de oferecer melhor infraestrutura e modernização para permissionários e clientes, a CEASA Campinas realizou em 2018 uma série de melhorias e obras de ampliações estruturais em seu complexo.  A construção da segunda plataforma logística (PL1) do Mercado de Hortifrútis, por exemplo, promoverá melhorias na logística das operações de mercado.

A construção terá infraestrutura moderna semelhante à da Plataforma Logística 2 (PL2) – localizada no lado par ou sul -, inaugurada em junho de 2016, mas com uma novidade: a instalação de um reservatório de água de reuso, para reaproveitamento da água das chuvas coletada no telhado da plataforma. O reservatório terá capacidade para armazenar até 2.350 metros cúbicos de água. 

“A obra favorece tanto aquele que entrega seu produto, quanto o que recebe o produto. O maior beneficiado dessa obra é a população que irá receber produtos mais frescos, com menos lesões e alta qualidade”, comentou Villalba.

Além da nova plataforma logística, também estão sendo construídos sanitários centrais, com implantação entre as duas plataformas (PL1 e PL2), e área total coberta de 118 metros quadrados. A edificação contará com banheiros masculino e feminino (com sanitários, lavatórios e chuveiros) e instalações para pessoas com necessidades especiais. 

Também em fase de implantação, a estação elevatória de esgoto, uma parceria entre a Ceasa Campinas e a Sanasa, irá promover o esvaziamento e o aterramento das duas lagoas de estabilização e tratamento de efluentes da central. Assim, será liberado no local uma área de aproximadamente 10 mil m2 para novos investimentos.

 

Já entregue, a ampliação dos pavilhões de beneficiamento (PBs) 1 e 2, do Mercado de Hortifrutigranjeiros, possibilitou a ampliação de 26 boxes. Além dessas melhorias, foram realizados ainda investimentos em manutenção, limpeza, troca de equipamentos, pintura, manutenção da malha viária interna

“Todas os investimentos realizados propiciaram uma possibilidade de aumentar as áreas de beneficiamento e, consequentemente, a melhoria da logística desses produtos”, reforça Alexandre Bardin, presidente da Associação dos Permissionários da Ceasa Campinas (Assoceasa).


CLIMATIZAÇÃO

Muito aguardada por comerciantes e visitantes, a implantação do sistema de Resfriamento Evaporativo de Nevoa Ultrafina no Mercado das Flores resultou numa queda de temperatura de até 10 graus em todos os corredores, promovendo um conforto térmico no ambiente.

O sistema possui bombeamento de água de alta pressão, dupla filtração de água e bicos de micro aspersão, resultando uma evaporação instantânea da água, evitando assim molhar as pessoas e o ambiente, garantindo maior eficiência de resfriamento.

 

 


FIBRA ÓTICA

Iniciada em 2014, a ideia de incluir a tecnologia de fibra óptica na Ceasa Campinas para melhorar o fluxo de dados e imagem foi concluída.  Com capacidade de 2.5 Gigabits por segundo em uma única fibra, a CEASA Campinas deu um enorme passo para o futuro, permitindo que inúmeras aplicações - como Internet, Voz, Telefonia, TV e Dados - possam ser instalados para todos os frequentadores do entreposto.

 



QUALIDADE SANITÁRIA E AMBIENTAL 

Fundamental para gerar maior eficiência com o menor custo possível, o projeto Qualidade Sanitária e Ambiental foi estruturada em três eixos principais. O primeiro eixo envolve limpeza, varrição, jardinagem, limpeza de bueiros e banheiros de toda área da planta da Ceasa.

O segundo prevê a implantação de uma central de embalagens, cuja função é a higienização e a sanitização das embalagens utilizadas nos mercados e, por fim, o terceiro eixo visa o tratamento de resíduos e efluentes.

“Esse projeto reflete um modelo de gestão alinhado, de modo especial, com os princípios da economicidade, eficiência e eficácia e, sobretudo, com o interesse público e o desenvolvimento social”, conclui Wander. 



Imprimir esta notícia
+ Notícias

Topo

Desenvolvido por: CiaPixel Agência Digital